O governador Wellington Dias informou, ainda, que como presidente do Fórum dos Governadores encaminhou Ministério da Saúde um pedido para que seja aprovada uma regra nacional sobre a vacinação de profissionais da educação e da área da segurança

O governador Wellington Dias (PT) assinou agora há pouco decreto autorizando a inclusão de professores, policiais e bombeiros no grupo  prioritário para vacinação contra a Covid-19.

“Assinei decreto em que classificamos atividades de segurança e também de educação como atividades não apenas essenciais, mas prioritárias na ordem de vacinação. O fato é que havia um pleito com os nossos gestores na área da segurança, da bancada federal com os deputados Rejane Dias e Fábio Abreu, bancada na Assembleia Legislativa, destaco aqui o deputado Carlos Augusto e deputado João de Deus”, disse o governador. 

O governador Wellington Dias informou, ainda, que como presidente do Fórum dos Governadores encaminhou Ministério da Saúde um pedido para que seja aprovada uma regra nacional sobre a vacinação de profissionais da educação e da área da segurança. 

O comandante da Polícia Militar do Piauí, coronel Lindomar Castilho, adiantou ao Cidadeverde.com que o grupo prioritário neste momento é formado por policiais e bombeiros  que estão no patrulhamento diários e nas barreiras sanitárias de combate à pandemia do novo coronavírus.

Cerca de três mil policiais serão vacinados em Teresina e interior do estado.

Foto: Yala Sena

“Como não podemos vacinar os 6.100 homens e mulheres, vamos priorizar os  três mil policiais que estão na linha de frente no combate a pandemia”, disse o comandante.

Desde o início da pandemia, 36 policiais militares morreram após complicações da Covid-19. No estado, mais de 1.300 PMs já foram infectados. Atualmente, quatro estão internados em hospitais. 

Serão vacinados os policiais que participam de operações de fiscalizações dos decretos estadual e municipais, além dos que participam de ações de combate à criminalidade. “Todos os comandantes de Batalhões vão apresentar a relação dos policiais nas escalas para que sejam vacinados”, informou o comandante.

Fonte:cidadeverde.com