Na reportagem assinada pelo jornalista Walter Santos, lançada neste sábado, 27 de março, Wellington Dias comenta prioridade e urgências no Brasil, além de uma conversa sobre política

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), ganhou destaque na capa da Revista Nordeste com a reportagem “Eis a cara do novo líder do Brasil”, que trouxe a temática das ações de combate à pandemia de covid-19 em todo o país e o trabalho que o chefe do executivo estadual vem articulando à frente Consórcio Nordeste e o Fórum de Governadores do Brasil, diante da crise na saúde em função do novo coronavírus.

Confira a reportagem na íntegra

Na reportagem assinada pelo jornalista Walter Santos, lançada neste sábado, 27 de março, Wellington Dias comenta prioridade e urgências no Brasil, além de uma conversa sobre política.

O que fazer de imediato para combater a covid-19

Wellington afirmou que os governadores já estão agindo para amenizar os impactos ocasionados pela doença que já deixou mais de 300 mil mortos no País. “Já estamos agindo pelo lado do povo, que é o lado da ciência e isso já acontece no Nordeste. Graças a Deus, mais Estados no Brasil têm agido assim, também. Estamos defendendo medidas preventivas, além da urgente necessidade de acelerar a vacinação. Aliás, acabamos de pactuar com todos os estados e municípios do Brasil, através da Confederação Nacional dos Municípios, um mutirão para ampliar a vacinação”, disse o governador.

Reestruturar a Economia Brasileira

O governador explicou que além do plano de vacinação tem o foco na economia, que para se recuperar é preciso a união dos poderes e do setor privado. “Além, é claro, de um programa de vacinação, também há um foco em um plano para a retomada da economia. Já lá atrás nasceu a ideia: se a gente organizar um grupo de trabalho denominado de “Pacto Pela Vida”, independente de diferenças políticas, independente de quem é pequeno, de quem é oposição, independente de quem é empresário ou gestor, município, estado, governo federal, que incluísse os três poderes, esta seria a saída. Esperamos que funcione assim”, revelou.

Questionado como tem tempo para governar o Piauí, presidir o Consorcio Nordeste e o Fórum dos Governadores, Wellington contou que aprendeu com o tempo a trocar o pneu do carro andando.

Relação do governador do com o presidente Bolsonaro

O gestor disse que tem uma relação de respeito com Jair Bolsonaro, já que ele é presidente da República Federativa do Brasil, e também foi seu colega na Câmara dos Deputados. “No dia do aniversário do presidente, muito cedo, encaminhei uma mensagem a ele através do ministro Ramos, com felicitações. Como ele é presidente a gente trata sempre com respeito institucional, independente das diferenças”, afirmou.

Convite feito por Lula para Wellington Dias comandar a articulação política rumo 2022

O Governador do Piauí informou que já dialogou com vários líderes bastidores partidários nacionais, e que está feliz com o posicionamento deles a favor da vida. “Nós temos muitas vezes disputas eleitorais, mas nós não somos inimigos, podemos ser adversários, mas não inimigos. Fiquei feliz em ver hoje a declaração por parte do PSDB e de outros líderes. Nesse momento o objetivo é defender a vida, a pauta é em defesa do povo, da democracia e do respeito à constituição, existe aqui algo maior de interesse do povo brasileiro que está acima das nossas diferenças”, finalizou o líder piauiense.