Na ocasião ele sinalizou que o pleito de 2020 foi diferenciado, apontando ainda que é do grupo político do senador Ciro Nogueira (Progressistas)

O prefeito eleito de Campo Maior, Joãozinho Félix (MDB) concedeu entrevista na quinta-feira (19) ao Agora. Na ocasião ele sinalizou que o pleito de 2020 foi diferenciado, apontando ainda que é do grupo político do senador Ciro Nogueira (Progressistas). “Foi uma eleição diferenciada das que eu já havia participado, estou voltando depois de 10 anos à Prefeitura, foi uma eleição dura, não foi fácil, praticamente sozinho, são 13 vereadores no município e apenas um estava me apoiando, graças a Deus o povo apoiou nossa campanha”, disse. 

Sobre o seu irmão, Antônio Félix, ter apoiado o candidato Professor Ribinha no município, ele minimizou a questão, indicando que eles podem voltar a caminhar juntos nas próximas eleições. “Foi bem diferente, pois sempre o Antônio esteve conosco, infelizmente foi divergência de ideias, fico feliz, mas ele é meu irmão, nunca vai deixar de ser, a gente divergiu nesta eleição, mas quem sabe na próxima”, afirmou. 

Apesar de estar no MDB, aliado em âmbito estadual ao governador Wellington Dias (PT), ele destacou que está no grupo de Ciro Nogueira. “Eu sou Ciro Nogueira, estou no MDB por uma situação que me convidaram, vamos aguardar 2022 chegar, se Ciro vai ser candidato realmente, creio que essa questão vai ser discutida em 2022, mas eu sou Ciro Nogueira”, disse. 

Panorama do Município

“Nessa campanha foi totalmente diferenciada, onde frequentei praticamente todos os bairros e eu encontrei um Campo Maior totalmente diferenciada da que deixei em 2010, uma cidade muito pobre, estamos detectando muitos problemas, a CGU esteve em Campo Maior há de 25 a 30 obras que não foram finalizadas, e estamos detectando todas elas para finalizar”, disse. 

Diálogo com o Governo do Estado

“Será bom, o Estado é Estado, município e município, vamos sim manter contato com o governador para buscar realmente, principalmente a saúde de Campo Maior, iremos buscar essa parceria com o Governo do Estado, com o Governo Federal creio que o Ciro, Marcelo Castro, Marco Aurélio vão nos ajudar”.

Fonte:meionorte.com