Abel Braga não é mais treinador do Vasco. Na tarde desta segunda-feira, ele pediu demissão. O Cruz-Maltino vem de resultados ruins na temporada e que culminou com derrota para o Fluminense (2 a 0), no domingo, no Maracanã, pelo Campeonato Estadual.

– Como falei na minha última coletiva, depois do jogo contra o Goiás, gosto muito do Vasco, do presidente, dos jogadores, da torcida e do ambiente de trabalho. Mesmo com a crise financeira, jamais faltou dedicação e entrega. Mas as coisas não estão acontecendo da forma como imaginamos. Assim, num momento em que os campeonatos estão parados por motivo de força maior, saio para que o clube encontre um profissional que tenha tempo para trabalhar e tentar os ajustes necessários. Fica o meu agradecimento a todos – disse Abel Braga, em nota oficial.

No curto período como treinador do Vasco – na sua terceira passagem – Abel Braga, anunciado em dezembro do ano passado, esteve à frente da equipe em 14 jogos, com quatro vitórias, cinco empates e cinco derrotas. O Cruz-Maltino não conseguiu vaga na semifinal da Taça Guanabara, está muito mal na Taça Rio, perdeu o jogo de ida para o Goiás pela terceira fase da Copa do Brasil e aguarda, por sorteio, o seu adversário na segunda fase da Copa Sul-Americana.