Em pesquisa de satisfação realizada no fim do ano de 2019, a Prefeitura de Teresina verificou que 90,1% dos moradores estão satisfeitos com a coleta de lixo, 99,7% da população confirma a existência do serviço em seu bairro e 92% afirma ter conhecimento dos dias em que o serviço é realizado. O município tem investido muito em limpeza pública. Apenas em 2019 foram aplicados R$ 107 milhões, 15% a mais em comparação ao mesmo valor de 2018.

A pesquisa também ranqueou os principais acertos do serviço: frequência e pontualidade na coleta de lixo, limpeza e recolhimento de resíduos correto após serviços, além da limpeza de parques e praças, respectivamente. O questionário da análise foi aplicado em 600 pessoas, sendo 45,3% homens e 54,7% de mulheres, com moradores de todos os bairros da capital piauiense.

“O estudo da percepção dos moradores sobre os serviços de limpeza pública é de extrema importância para que a gente possa manter o sistema sempre melhorando. Identificamos os principais erros, acertos e as prioridades para a população. Assim, a partir de um diagnóstico geral, vamos traçar metas e fazer um planejamento de melhorias”, destaca Marco Antonio Ayres, secretário municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh).

A pesquisa apontou ainda que 35,8% considera que o serviço melhorou nos últimos 12 meses, como é o caso da zona sudeste, que apresentou a melhor avaliação no último ano. “Na pesquisa passada identificamos que a zona sudeste necessitava de mais atenção e investimentos e, agora, concluímos que houve uma melhora significativa nos serviços prestados e na satisfação dos moradores”, comenta Vicente Moreira, secretário executivo da Semduh.

A pesquisa identificou ainda que somente 9,2% da população considera o serviço de coleta como ruim ou péssimo e 0,7% não sabem ou não opinaram a respeito. A análise mostrou também o desejo da população de que o trajeto do caminhão coletor seja realizado de forma mais lenta. Na avaliação da limpeza urbana dos bairros, 85,5% dos teresinenses estão satisfeitos com serviço, enquanto 14,16% da população julga o serviço como ruim ou péssimo e 0,33% não sabem ou não opinaram a respeito.

Vicente ressalta que, para 2020, a previsão é seguir a linha de investimentos no valor de R$ 107 milhões, reforçando ainda mais as ações de orientação, conscientização e prestando esclarecimentos para a população sobre o sistema de limpeza pública. “A Prefeitura investe muito na limpeza e retirada de, aproximadamente, 10 toneladas de resíduos dispostos em locais inadequados mensalmente, recursos que poderiam ser destinados para outros serviços e garantir ainda mais melhorias para Teresina”, observa o gestor.