A quarta maior loja de departamentos do Brasil, o Armazém Paraíba, subiu 14 posições no ranking “300 Maiores Empresas do Varejo Brasileiro 2019”, organizado pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC). O Paraíba, uma das únicas empresas do Piauí a fazer parte do ranking (a outra é o supermercado Carvalho), saltou da 38ª posição em 2017 para a 24ª em 2018, entre as que possuem maior faturamento bruto.

O grupo piauiense possui 350 lojas em mais seis estados do Brasil e faturou R$ 5,4 bilhões em 2018. Com 12 mil funcionários, a empresa, que pertencer à família Claudino e Fernandes, possui um faturamento de quase meio milhão por empregado (R$ 455 mil), de acordo com o ranking da SBVC. Em seu segmento – loja de departamentos, fica atrás apenas das Americanas, B2W e Havan.

Enquanto o Paraíba cresceu no ranking, a rede de supermercado Carvalho, a maior do Piauí, perdeu sete posições no mesmo período. O Comercial Carvalho passou do 75º para o 82º no ranking varejista. Entre 2017 e 2018, a rede de supermercados registrou uma queda de 9,3% no faturamento (quase R$ 1,7 bilhão no primeiro ano e R$ 1,5 bilhão no segundo).  A empresa possui 46 lojas, atua também no Maranhão e emprega 5,4 mil pessoas. O faturamento por empregado é de R$ 282 mil, com cada supermercado vendendo, em média, R$ 33 milhões.

Como a pesquisa da SBVC apresenta os dados de 2018, não levou em consideração as mudanças ocorridas no Carvalho em maio de 2019, quanto o grupo, que fazia parte do Carvalho e Fernandes, dividiu-se em dois: R Carvalho e Vanguarda. O ranking 2020, referente ao desempenho das empresas em 2019, deverá ser divulgado até o meio do ano.

O Paraíba está presente em sete estados do Brasil e emprega 12 mil funcionários (Foto: Google)

Grupo Pão de Açúcar é maior varejista do Brasil

O ranking “300 Maiores Empresas do Varejo Brasileiro 2019” mostra que o maior grupo varejista brasileiro continua a ser o GPA (Grupo Pão de Açúcar, que integra as marcas Pão de Açúcar, Assaí Atacadista, Casas Bahia e Ponto Frio). O grupo faturou em 2018 R$ 84,12 bilhões, 8,5% mais que um ano antes e tem 138 mil funcionários.

A segunda posição é do Grupo Carrefour, que, com suas operações de supermercados, hipermercados e atacarejo, somou um faturamento de R$ 56,3 bilhões em 2018, 7,6% mais que no ano anterior. Gera 84 mil empregos.

Os cinco maiores grupos varejistas brasileiros (GPA, Carrefour, Walmart, LASA/B2W e Magazine Luiza) somaram R$ 204,363 bilhões em vendas, ou 31,5% do faturamento bruto das 300 maiores empresas do varejo brasileiro (de R$ 648,039 bilhões no ano passado).  Já os dez maiores grupos somaram em 2017 um faturamento de R$ 262,19 bilhões, o equivalente a 40,45% das vendas totais do setor.

Transformação digital

“O crescimento acelerado dos maiores grupos varejistas brasileiros (cinco das 10 maiores apresentaram expansão de dois dígitos no faturamento) mostra que as iniciativas de aumento de eficiência e produtividade, desenvolvidas nos anos anteriores, e os esforços de transformação digital vêm se refletindo no balanço financeiro”, diz o documento.

Fonte: https://www.pinegocios.com.br/