A parte de baixo da tabela teve mudanças ao fim da 31ª rodada do Brasileirão. Com a vitória por 2 a 0 sobre o São Paulo, o Fluminense deixou o Z-4 e diminuiu seu risco de queda de 58% para 33%. O Botafogo dobrou as chances de rebaixamento com a derrota por 1 a 0 para o Flamengo e saiu de 15% para 32%. Pela primeira vez desde a 1ª rodada, o Alvinegro entrou no Z-4. Avaí e Chapecoense mantiveram os 99%, enquanto o CSA pulou de 70% para 84%.

Avaí – 99%
Chapecoense – 99%
CSA – 84%
Botafogo – 32%
Cruzeiro – 25%
Fluminense – 33%
Fortaleza – 10%
Ceará – 13%
Atlético-MG – 3%
Vasco – 2%