A capital mais católica do Brasil recebe pela primeira vez o Festival Halleluya no próximo dia 30 de novembro. Reunindo grandes nomes da música católica nacional, o evento é promovido pela Comunidade Católica Shalom, com o apoio da Arquidiocese de Teresina. Uma megaestrutura será montada no Complexo Turístico da Ponte Estaiada, com palco principal e diversos espaços de entretenimento. O evento é gratuito.

Considerado o maior festival católico da América Latina, o festival nasceu em Fortaleza, Ceará, e já realizou 23 edições. A cada ano, a capital cearense reúne mais de um milhão de pessoas em cinco dias de evento, superando marcas de coleta de sangue e de doação de alimentos, consolidando-se assim como o festival mais solidário do Brasil.

Em 2019, Teresina terá a primeira edição do evento, que já aconteceu em outros países, como Panamá e Polônia, e acontece em outras capitais do Brasil, como Natal, Rio de Janeiro e São Paulo.

“Nossa proposta central é oferecer às pessoas um encontro com a pessoa de Jesus Cristo Ressuscitado através da arte, esportes radicais e entretenimento em geral. É uma opção de lazer gratuita que estamos trazendo para o Piauí. O Halleluya Teresina está de braços abertos para receber todas as pessoas: crianças, jovens, adultos e famílias. Todos são bem vindos”, convida Filipe Diniz, responsável pela Comunidade Shalom em Teresina.

Filipe reforça que a iniciativa pretende seguir a orientação do Papa Francisco de promover a “cultura do encontro”, da alegria, paz, partilha e solidariedade. “Centenas de voluntários estarão trabalhando para promover um ambiente de paz, lazer e entretenimento. O Halleluya não terá apenas os shows no palco principal, mas também outros espaços de integração, como o Espaço Adventure, de esportes radicais, Espaço da Misericórdia, Espaço Games e Espaço Kids, para as crianças, capela, livraria e lanchonete”, pontua.

No Espaço da Misericórdia, dezenas de padres estarão atendendo confissões. Além disso, ministros de oração estarão disponíveis para aconselhar pessoas que precisam de ajuda em alguma situação pessoal, familiar, espiritual, humana, etc.

Além do entretenimento, o Festival Halleluya promove a solidariedade por meio de uma parceria com o Hemopi (Centro de Hematologia e Hemoterapia do Piauí). No Espaço Solidário, é possível, durante o evento, doar sangue e realizar cadastro de doador de medula óssea. No local, também serão arrecadados alimentos não perecíveis, que serão destinados às ações de promoção humana da Comunidade Shalom.

A programação completa será divulgada em breve pela Missão Teresina e contará com bandas locais e nacionais. É mais um evento católico que chega para entrar no calendário cultural da capital da cajuína.