O desperdício não tem vez na casa do morador do bairro Santo Antônio, Rafael Teixeira. Ele adota hábitos de consumo consciente e educa a filha sobre a importância de economizar água. “Eu entendo que as crianças aprendem através do exemplo, por isso, sempre demonstro para minha filha pequenas atitudes que fazem toda a diferença. Hoje ela já reclama quando vê alguém tomando banho sem desligar o chuveiro ao se ensaboar ou sem fechar a torneira ao escovar os dentes. Na nossa casa não falta água, mas sabemos que precisamos cuidar e economizar”, declara.

Manter esses bons hábitos é importante para preservar o meio ambiente e cuidar das gerações futuras. A Águas de Timon, concessionária responsável pelo abastecimento e esgotamento sanitário do município, elenca outras dicas de consumo consciente, como: reaproveitar água da máquina de lavar para limpar carros e calçadas; organizar a louça antes de lavá-la e enxaguar tudo de uma única vez; e usar vassouras para limpar o quintal.

Além disso, outra maneira de economizar é identificar vazamentos internos. Alguns casos podem ocorrer sem que o morador perceba, mesmo dentro de casa. Por isso, o residente do bairro Parque Aliança, Márcio Roberto, fica ligado em seu consumo. “Eu e minha esposa temos o hábito de verificar se todas as torneiras estão bem fechadas, para evitar que fique pingando e desperdiçando água. Uma vez percebi que o hidrômetro continuava girando, mesmo com tudo fechado. Foi assim que descobri o vazamento interno e consertei”, conta.

Outros sinais de vazamento são gotejamentos, água escorrendo pelas paredes e pisos, e pontos de umidade ou mofo no imóvel. “Um aliado para identificar vazamentos é o hidrômetro, que mede a quantidade de água consumida. Se tudo estiver fechado e o aparelho continuar girando, significa que há pontos de desperdício que devem ser consertados imediatamente. É importante ressaltar que a responsabilidade do conserto de instalações hidráulicas internas é do cliente”, explica o coordenador de operações da Águas de Timon, Tadeu Bezerra.

Educação Ambiental
Com o intuito de despertar a consciência dos estudantes para a importância da conservação do meio ambiente, a Águas de Timon realiza ações de educação ambiental, como o programa Saúde Nota 10. Por meio dele, os estudantes recebem informações sobre o uso racional da água, o tratamento de esgoto e a conservação dos recursos hídricos, de forma que desenvolvam atitudes mais sustentáveis.

“Nós já atendemos cerca de 1.500 crianças por meio do programa e vamos iniciar a terceira edição do Saúde Nota 10 nas escolas do município. Nossa intenção é instigar o debate ambiental nas escolas, de forma que os alunos se tornem propagadores do consumo consciente e defensores do meio ambiente. Assim, nós criaremos uma consciência coletiva para evitar o mau uso da água”, explica a responsável pelos projetos socioambientais da Águas de Timon, Natália Frota.

Por meio do programa, os pequenos são desafiados a produzirem uma redação sobre o consumo consciente da água e as melhores produções são premiadas com brindes, entre bicicletas, patinetes e mochilas.