Uma chapa majoritária com os partidos PSDB e Progressistaspode estar próxima de se concretizar para as eleições 2020 em Teresina. Os dois partidos, que já andam de braços dados em parceria administrativa , poderão estar juntos também no palanque, segundo o presidente do Progressistas em Teresina, Aluísio Sampaio.

O presidente do diretório municipal confirmou a informação em entrevista ao Sistema O Dia nesta quinta-feira (19) e também falou das metas do partido para as próximas eleições, como aumentar o número de filiados na capital e no interior .

“Não será nenhuma surpresa, será uma coisa que irá acontecer de maneira natural de maneira coerente diante de tudo que foi plantado nessa parceria administrativa e, evidentemente, que a gente vai também passar para essa parceria política. O que está sendo sinalizado é a tendência então não é nada que vai fugir ao curso que está sendo estabelecido”, afirma Aluísio.

Mesmo com a proximidade de união em chapa dos partidos, o presidente é prudente ao afirmar que a condução de toda a pré-campanha e posteriormente a campanha será realizada pelo prefeito Firmino Filho (PSDB), que deverá convocar os partidos aliados para as definições. Nas palavras de Aluísio, ainda não é momento de antecipar este assunto já que o pleito só acontece em 2020.

“O que nós temos sinalizado é que o prefeito vai conduzir esse processo de sucessão, ele não será mais candidato porque está na sua reeleição, mas ele vai escolher no momento certo, prefeito tem colocado, inclusive, que não vai antecipar essa escolha e ele faz isso de maneira correta”, afirma.

Aluísio assumiu o diretório municipal do Progressistas de Teresina na última segunda-feira (16) . O partido, que hoje conta com 80 prefeitos no estado, pretende atingir a meta de 100 para a próxima eleição. Em Teresina, a sigla quer eleger pelo menos 4 cadeiras na Câmara Municipal. 

Fonte:portalodia