Sempre tem alguém responsável com o emprego dos recursos públicos. Isso podemos citar dois exemplos clássicos de transparência e coerência com a responsabilidade no emprego dos recursos públicos. Podemos citar o ex-prefeito de Beneditinos, médico Arão Mendes que na gestão passada foi excessão em administração pública naquela cidade.Agora acontece a mesma coisa na cidade de Fronteiras onde a professora aposentada, dona Maria José, que é prefeita municipal administra com responsabilidade as receitas do município. Diferente de Beneditinos onde as receitas eram as mesmas em Fronteiras aconteceu o contrário quando foi fechada a fábrica de cimento do município que gerava muitos empregos e receitas para a cidade. Além de diminuir tragicamente os recursos em Fronteiras dona Mazé pegou uma prefeitura com dificuldades as mais variadas. Equipamentos sucateados, a maioria dos veículos praticamente destruídos por pura falta de zelo da gestão anterior que não se preocupou em conservar o que era da população.Como se não bastasse tudo isso ajuda financeira dos órgãos estaduais e federais praticamente não existem. Muitas promessas foram feitas mas apenas algumas ou nenhuma foram cumpridas.Na saúde por exemplo, Fronteiras é polo de atendimento neste setor para vários municípios da região que não dispõem do mínimo para a tender os pacientes de suas cidades.Enfrentando toda sorte de dificuldades dona Mazé conta com uma equipe de assessores competentes tanto na administração, como na educação e na saúde, pois seus auxiliares seguem a risca a orientação dela que prioriza o atendimento ao cidadão de Fronteiras.Aqui em Teresina ela conta com a competência do assessor Ricleson Ribeiro que em nossa capital procura resolver os interesses do povo de Fronteiras. Nossos cumprimentos portanto a uma gestão séria, voltada para o bem daquela comunidade daquele município.